quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Pega lá na minha bolsa

Por que, oh deus, tantas bolsas? Por que!?

Depois que desisto, tenho que ouvir que sou preguiçoso. Porra mãe, assim também não né?